Frescor

Hoje no céu brilhou
um raio-Elias
que pelas vias
até pareceu santo

Atento
olha o pobre
e descobre
o morro em cardume

Do estrume
o saber
de crer no ser
e no dorso

Torço
que não seja porco
que o tipo se espalhe
que a gente tem jeito, uai!

.

.

.

.

.

.

.

Image

NA: este poema foi inspirado por uma entrevista concedida à rádio CBN por Elias Tergilene, um cara diferente, repare: http://cbn.globoradio.globo.com/programas/cbn-brasil/2014/01/28/PARA-DESENVOLVER-AS-FAVELAS-VOCE-TEM-DE-DESENVOLVER-O-EMPREENDEDOR-LOCAL.htm

Anúncios